JURA EM PROSA E VERSO

MAÇONARIA

 

 

 

ENSINO MAÇÔNICO A DISTÂNCIA: evolução e desafios

(DISTANCE MASONIC EDUCATION: Evolution and Challenges)

Rubens Caldeira Monteiro ¹ Kennyo Ismail

 Resumo

Como parte da tradição maçônica, o maçom é chamado a provar seus conhecimentos em diversas ocasiões, como aumento de salário (passar para o grau seguinte), admissão em outras ordens maçônicas ou assumir cargos e funções em Lojas.

Além do aprendizado presencial, em Loja ou fora dela, vem crescendo no mundo maçônico a oferta de cursos de Ensino à Distância (EaD), visando maior flexibilidade de datas e horários aos participantes, mitigação de impacto com deslocamentos e redução de custos diversos, permitindo maior alcance com menor esforço.

Os cursos a distância podem ser por correspondência, alguns já bastante tradicionais, ou virtuais, oferecendo ou não avaliações e certificação. A maçonaria brasileira vai ao encontro da maçonaria estadunidense e inglesa ao adotar mais amplamente o EaD como método de educação maçônica complementar e suplementar a seus membros, porém diverge quanto à sua duração, formalismo e organização.

Além disso, é preciso definir se o objetivo é a formação de pós-graduados e pesquisadores em Maçonaria ou uma educação maçônica mais ampla para o maçom.

Palavras-chaves: Educação; Maçonaria; Ensino à Distância.

 As part of the Masonic tradition the Mason is called present evidences of his knowledge on various occasions, such as passing to the next degree, admission into other Masonic orders, or assuming positions and functions as Lodge Officer. In addition to face-to-face learning, in or outside the Masonic Lodge, the number of distance-learning courses has increased in the world, aiming at greater schedules flexibility for the participants, mitigation of impact with displacements, and reduction of many costs, allowing broader reach with least effort of the instructors. Distance-learning courses may be by correspondence, like some already traditional ones, or virtual/e-learning, offering or not evaluations and certification. Brazilian Freemasonry meets North-American and British Freemasonry by adopting more widely distancelearning as a method for supplementary/complementary Masonic Education to its members, but diverges as to its duration, formalism and organization. In addition, we must define whether the goal is: the educational formation of postgraduates and researchers in Freemasonry or a broader Masonic Education for Mason. Keywords: Education; Freemasonry; distance learning. ¹

Rubens Caldeira Monteiro é geólogo (Unesp) e gestor ambiental (USP), Doutor em Geociências e Meio Ambiente (Unesp). Atualmente trabalha como geofísico de reservatórios na Petrobras. É Mestre Instalado da Loja Quatuor Coronati do Rio de Janeiro n. 145 e atua como Grande Secretário de Relações Exteriores da Grande Loja Maçônica do Rio de Janeiro (GLMERJ). E-mail: aprendiz.pitagorico@yahoo.com.br.

Kennyo Ismail é bacharel em Administração pela UnB, com MBA em Gestão de Marketing pela ESAMC e Mestrado Acadêmico em Administração pela EBAPE-FGV. E-mail: kennyoismail@hotmail.com C&M | Brasília, Vol. 6, n.1, p. 65-70, jan/jun, 2019. 66

1. Introdução

Conhecimento é a busca do maçom.

O compartilhamento, a construção e a resignificação desse conhecimento se dão de forma presencial ou a distância. De forma presencial, se dá principalmente em Loja, através da prática do Ritual nas sessões maçônicas, instruções, apresentação de trabalhos e debates, mas também fora da Loja, através de treinamentos ou conferências ministrados formalmente pelas obediências, outros irmãos ou até mesmo por pessoas que não fazem parte da Maçonaria, para trabalhar aspectos de Liderança, Ética, Gestão entre outros.

À distância, de forma remota, esse conhecimento é compartilhado por correspondência ou virtualmente, pela internet (e-learning). Na tradição maçônica o maçom é chamado a provar seu conhecimento para se avaliar a qualificação de um maçom: na admissão em visita a uma Loja Maçônica (pelo trolhamento); para o recebimento de um novo grau (chamado algumas vezes de aumento de salário) ou admissão em uma ordem maçônica (por uma sabatina ou questões sobre um grau precedente); ou para tomar posse em um novo cargo ou função (por um exame de proficiência de ritual).

Ainda, para progredir nos graus, o maçom recebe instruções básicas durante as reuniões, previstas em ritual.

O ritual é uma síntese, que traz o conhecimento primário dos temas de cada grau.

Em muitas Lojas no Brasil ainda se adota um questionário padrão com dezenas ou centenas de perguntas e respostas que se espera que o maçom saiba responder, muitas vezes sendo exigida a resposta ipsis literis. Todavia, talvez se deva esperar que o maçom elabore conteúdos, resignifique o conhecimento adquirido por sua visão, suas experiências e percepções. Para auxiliar nesse sentido, é importante ao maçom cultivar o hábito da leitura, do diálogo com outros irmãos, da elaboração de trabalhos(conhecidas maçonicamente por peças de arquitetura), apresentação oral em Loja e debate racional e frutífero.

No entanto, com a evolução educacional experimentada no mundo ocidental a partir de, principalmente, a década de setenta, a Maçonaria, mesmo preservando suas antigas fórmulas, procurou se beneficiar dos novos métodos de ensino e seus benefícios.

As primeiras experiências nesse sentido foram voltadas para o desenvolvimento de lideranças maçônicas. Destaca-se o programa da Freemason University,  em parceria com a Grande Loja de Ohio, com dois módulos, ―Liderança em Loja‖ e ―Gestão de Loja‖, além de um curso de conhecimento e compreensão do ritual; e o Masonic Leadership Training, da Grande Loja da Flórida.4 Outras Grandes Lojas e organizações maçônicas também oferecem material voltado à administração das Lojas, mentoria, desenvolvimento de membros, manuais para oficiais (handbooks), trabalho de solo (floorwork), além de acervo de biblioteca e seminários e conferências, entre os quais citamos, por exemplo, a Grande Loja do Colorado e os Shriners International.

Além de seus programas presenciais de educação, muitas vezes vinculados a universidades e instituições de ensino, o Ensino à Distância (EaD) tem ganhado espaço, pela série de benefícios atrelados ao sistema.

Dentre esses benefícios, pode-se citar: redução de custos em comparação com eventos educacionais presenciais (de espaço, equipamentos, coffe -breaks, etc.); não perecibilidade do conteúdo ministrado; flexibilidade de data e horário para cursar; possibilidade de avaliar aprendizagem; maior alcance com menor esforço do instrutor para atender aos participantes; dentre muitos outros. Os cursos oferecidos na modalidade EaD podem ser divididos em três tipos: cursos de correspondência, cursos de auto-aprendizagem (estudo individual orientado), e cursos convencionais. O curso por correspondência é um programa de ensino à distância no qual o estudante se corresponde com o instrutor originalmente via serviço postal.

Esse modo de ensino teve início com Sir Isaac Pitman, em 1843, através de um curso de taquigrafia por correspondência, permitindo dar formação a grupos de pessoas que, por motivos geográficos, econômicos ou socioculturais, não poderiam se deslocar aos centros de ensino tradicionais. Segundo Daniel Hanttula (2018), a Maçonaria se utiliza hoje em dia de cursos por correspondência para providenciar oportunidades a maçons, independente de sua localização geográfica, com o benefício adicional de seu certificado ser frequentemente reconhecido em outras jurisdições maçônicas.

Assim, um título, broche, gravata ou certificado recebido por um maçom que viaja frequentemente ou planeja se mudar pode ter sua proficiência reconhecida em outros locais. Um outro benefício que esse tipo de programa oferece é o estímulo da formação de grupos de estudo locais para acelerar o processo de formação e conclusão do curso e auxiliar novos maçons a encontrar outros irmãos com interesses similares em pesquisa, história e filosofia. Um programa de estudo individual orientado MONTEIRO, R. C.; ISMAIL, K. ENSINO MAÇÔNICO À DISTÂNCIA: EVOLUÇÃO E DESAFIOS C&M | Brasília, Vol. 6, n.1, p. 65-70, jan/jun, 2019. Disponível em: http://freemasonuniversity.com/  Disponível em: http://grandlodgefl.com/mlt.html 67 tipicamente envolve material online e testes, nos quais o desempenho é avaliado pelo próprio estudante. Dessa forma, não há o reconhecimento ou certificação após a conclusão, nm tampouco suporte ou assistência de qualquer organização, contando apenas com a sua própria satisfação. Ao Mestre Maçom é dito que, com a sua dita plenitude maçônica, ele passa ser o responsável pelo seu aprendizado e depende de seu próprio esforço seus passos em busca do Conhecimento e da Verdade.

No entanto, para maçons mais estudiosos, também existe a oportunidade de formação de um grupo de estudos para o desenvolvimento de leitura e debates junto com outros irmãos ou grupos de discussão em internet ou outro meio digital. Um exemplo interessante de estudo individual é a Virtual-LoI (Virtual Lodge of Instruction), da Aquabarn Development Ltd., que se trata de um conjunto de CDs como ferramenta de treinamento multimídia projetada para o aprendizado do ritual, separado por oficiais, e que reproduz uma Loja Maçônica Virtual com todo ritual de Emulação, apenas com alguma salvaguarda aos sinais, toques e palavras.

Um curso convencional por EaD pode oferecer aulas por diferentes meios de multimídia, reunidas ou não em módulos, sendo mais comuns as vídeoaulas e apostilas, havendo ao final ou entre as etapas uma aplicação de avaliação online, geralmente com questões randomizadas, sendo necessário o alcance de um nível mínimo de nota na avaliação pra que o aluno seja aprovado e recebe seu certificado.

Programas Internacionais

Dentre as dezenas de programas de educação maçônica na modalidade EaD, destacam-se aqueles de maior alcance, envolvendo, principalmente, os altos graus dos dois únicos ritos maçônicos regularmente praticados nos Estados Unidos e o novo programa da maçonaria da Inglaterra. 2.1. Scottish Rite Master Craftsman Criado em junho de 2008, o programa Scottish Rite Master Craftsman (SRMC) é um curso por correspondência tradicional, concebido e administrado pela House of the Temple, em Washington, DC, que atua sob as diretrizes do Supremo Conselho do Grau 33° do Rito Escocês Antigo e Aceito, Jurisdição Sul, dos Estados Unidos da América.

Foi estruturado como em um curso único com 6 quizzes (um básico, um para cada um dos 4 corpos e um para as honras do Rito Escocês) e desde 2015 seu conteúdo é organizado em três módulose um programa de Grupo de Estudos:5  Programa 1 - A Loja Simbólica: familiariza o estudante com aspectos do desenvolvimento da Maçonaria Simbólica (Blue Lodge) e explora parte do simbolismo. Introduz o fato de que os ―altos graus‖ começaram a se desenvolver logo após a formação da Primeira Grande Loja (1717).

É baseado nos livros ―Esoterika: The Symbolism of the Blue Degrees of Freemasonry‖, de Albert Pike, e do ―Scottish Rite Ritual Monitor & Guide‖, 3 ed., de Arturo de Hoyos, para demonstrar uma interpretação racional e filosófica para além do que é encontrado na Maçonaria.  Programa 2- História e Ritual do Rito Escocês: consiste de seis lições dos graus 4° a 32°, utilizando como texto base os livros ―Scottish Rite Ritual Monitor &Guide‖, 3 ed., de Arturo de Hoyos, e ―A Bridge to Light‖ , 4 ed., de Rex Hutchens. Sua inscrição requer a conclusão do programa anterior.  Programa 3- Filosofia do Rito Escocês:tem por texto base o livro ―Morals & Dogma‖, de Albert Pike, em sua edição comentada por Arturo de Hoyos, e retorna ao ritual do Rito Escocês para reexaminá-lo em um nível mais profundo, procurando a lição moral dada em cada grau e, em seguida, aplicando essa lição para a vida cotidiana. A avalição dos cursos é dada através de quizzes e ensaios escritos e os participantes recebem um broche, o certificado de cada curso e uma medalha após a conclusão do último curso.

Os grupos de estudos são independentes e operados por organização local.

O investimento nesses cursos é de 60, 40 e 65 dólares, respectivamente, adquiridos na Loja do Supremo Conselho.6 2.2. Companion Adept of the Temple O quanto você conhece do Rito de York, também chamado de Rito Americano ou Inglês Antigo? Assim como o programa Scottish Rite Master Craftsman, do Supremo Conselho do Rito Escocês da Jurisdição Sul dos EUA, o Rito de York tem um curso por correspondência, criado em 2011 e administrado pelo Soberano Colégio do Rito de York da América do Norte (York Rite Sovereign College of North America MONTEIRO, R. C.; ISMAIL, K. ENSINO MAÇÔNICO À DISTÂNCIA: EVOLUÇÃO E DESAFIOS C&M | Brasília, Vol. 6, n.1, p. 65-70, jan/jun, 2019.  Disponível em: https://scottishrite.org/members/general-membership-information/masonic-education/srmc/ 6 Disponível em: https://www.scottishritestore.org 68 - YRSCNA). O YRSCNA é um ramo do Rito de York sediado em Detroit, Michigan, tem sua própria estrutura organizacional e confere graus. O Companion Adept of the Temple 7 é um programa de auto-estudo por correspondência através dos graus e ordens do Rito de York e cobre a ritualística, a filosofia e os ensinamentos teológicos e morais de todos os graus do Capítulo, Conselho e Ordens de Cavalaria. O programa é aberto para qualquer Cavaleiro Templário por inscrição através do YRSCNA. Os exames incluem uma combinação de testes de múltipla escolha, questões de Verdadeiro-ou-Falso e ensaios referentes a informações apresentadas nos Graus e Ordens do Rito de York, com base nos rituais do General Grand Chapter (Real Arco), General Grand Council (Crípticos) e Grand Encampment (Cavalaria):  Exame 1 – Os Graus da Maçonaria Capitular: Mestre de Marca e Past Master;  Exame2 – Os Graus da Maçonaria Capitular: Mui Excelente Mestre, Real Arco e as palavras na Maçonaria;  Exame3 – Os Graus da Maçonaria Críptica: os graus do Conselho, Mestre Real, Mestre Eleito e a tradição da Cripta Secreta;  Exame4 – As Ordens de Cavalaria: as ordens de Cavalaria, Ordem da Cruz Vermelha, Ordem de Malta e Ordem do Templo;  Exame5 – As Tradições do Rito de York e da Maçonaria: História do Rito de York, Segundo Templo/Tradição da Cripta Secreta, Tradição do Real Arco e Tradição de Cavalaria. Entre as obras extras recomendadas estão textos clássicos de Jackson Chase, Jeremy Ladd Cross, George Cooper Connor, Bernard E. Jones, Albert Mackey e Thomas Smith Webb para pesquisa.

Um aspecto único desse programa é que o material indicado para pesquisa está disponível online, reduzindo muito o seu custo em comparação com outros programas similares.

Os exames são abertos e o estudante pode avançar no seu ritmo. Este é um curso voltado para o estudo individual e se propõe a aguçar as habilidades de escrita ao abordar, com suas próprias palavras, os ensaios para as questões apresentadas nos quizzes.

Com a conclusão do programa, o estudante irá receber um certificado que o intitula como Companion Adept of the Temple of the York Rite of Freemasonry (Companheiro Adepto do Templo do Rito de York da Maçonaria), bem como tem seu nome registrado na York Rite Crusader Magazine, publicação oficial do YRSCNA.

Até setembro de 2018, cerca de 80 cavaleiros templários já haviam concluído e mais de 900 irmãos participavam do programa. 2.3. Hauts Grades Academy - 2018 O Supremo Conselho do Grau 33° do Rito Escocês Antigo e Aceito da Jurisdição Norte dos EUA não ficou atrás, tendo criado em 2018 a Academia de Altos Graus (Hauts Grades Academy – HGA, sendo "Hauts Grades"o termo francês para "Altos Graus").

O curso foi concebido para promover a educação, o conhecimento e o engajamento dos membros no Rito Escocês da Jurisdição Norte (NMJ).8 É um programa supervisionado e organizado em três níveis de estudo, cada um com características únicas:  Nível 1: o candidato mergulhará no ritual de todos os 29 graus do da Jurisdição Norte e será aplicado um teste de múltipla escolha.  Nível2: nesse nível é requerida a elaboração de um ensaio que permitirá uma autorreflexão e revisão de graus selecionados pessoalmente pelo candidato.  Nível3: exige um artigo de pesquisa escrito pelo candidato sobre um tópico de sua escolha, que será pré-aprovado e revisado pelo Comitê da HGA.

Os tópicos de pesquisa podem variar entre história, ritual e filosofia do Rito Escocês. Com a conclusão dos três níveis, o graduado recebe o título de Acadêmico dos Altos Graus do Rito Escocês (Scottish Rite Hauts Grades Academic) e passa a poder utilizar as iniciais HGA após seu nome em assinaturas e registros do Rito Escocês.

Ainda, um certificado e uma joia do HGA é concedida.

O programa é ofertado gratuitamente para os membros regulares do Rito Escocês da Jurisdição Norte dos EUA, e outros interessados precisam ingressar numa lista de espera.

Sua condução progressiva é uma abordagem que encoraja o estudante a continuar sua dedicação ao estudo da Maçonaria. MONTEIRO, R. C.; ISMAIL, K. ENSINO MAÇÔNICO À DISTÂNCIA: EVOLUÇÃO E DESAFIOS C&M | Brasília, Vol. 6, n.1, p. 65-70, jan/jun, 2019. 7 Disponível em: https://companionadept.wixsite.com/companionadept 8 Disponível em: https://scottishritenmj.org/hauts-grades-academy 69 2.4. Solomon - 2018 Lançada pela Grande Loja Unida da Inglaterra (United Grand Lodge of England - UGLE) no final de 2018, o programa “SOLOMON - Promovendo a curiosidade - desenvolvendo a compreensão‖9 se apresenta como uma ferramenta que apoiará os desejos e necessidades de, ao menos, três grupos:  aqueles que querem aprender mais sobre a Maçonaria;  aqueles com responsabilidade numa Loja ou Capítulo; e  oficiais provinciais ou distritais encarregados de promover e fornecer recursos e atividades de aprendizado. É voltado para membros da UGLE e seu conteúdo abrange pequenas "pepitas", artigos e demonstrações, bem como itens mais longos para apresentação e discussão.

A proposta dessas "pepitas" é ser um item a ser apresentado em 5 a 10 minutos em reuniões da Loja, semelhante a gotas, pérolas, pequenos extratos, para estimular o desejo de se aprender mais.

A plataforma Solomon é dividida em três categorias com diversos módulos:  Seek & Learn (Busque& Aprenda): voltada à exploração individual e apresentação do programa, com os seguintes módulos:1. Sobre Maçonaria; 2.Primeiro Grau;3. Segundo Grau;4. Terceiro Grau;5. Mestre Instalado; 6. Arco Real; 7. História Maçônica; e 8. Assuntos de Loja.  Share & Encourage (Compartilhe& Incentive): voltada ao uso por Lojas e Capítulos, com nove módulos:1. Apoiando a Aprendizagem; 2. Sobre Maçonaria; 3. Primeiro Grau;4. Segundo Grau;5. Terceiro Grau;6. Mestre Instalado; 7. Arco Real; 8. História Maçônica; e 9. Assuntos de Loja.  Support & Promote (Apoie & Promova): voltada para as Províncias e Distritos, com os módulos de: 1. Introduzindo Aprendizagem e Desenvolvimento; 2. Criando um Plano Provincial; 3. Promovendo e Ministrando Aprendizagem; 4. Evento de Lançamento e Recursos; e 5. Conferência de Aprendizagem e Desenvolvimento.

Apesar desse formato atual, a proposta do Solomon é crescer e se ampliar e diversificar. 3. Programas Nacionais A Maçonaria brasileira também tem se beneficiado do método de Ensino à Distância no meio maçônico nos últimos anos, com o surgimento de cursos com diferentes enfoques e muitas promessas para os próximos anos.

3.1. GODF & Unyleya O Grande Oriente do Distrito Federal - GODF, federado ao Grande Oriente do Brasil (GOB), foi pioneiro na educação formal maçônica quando, em 2011, desenvolveu, então em parceria com o Centro Universitário do Distrito Federal, o primeiro curso de pós-graduação relacionado à Maçonaria no Brasil, com foco em História da Maçonaria. Na época, o curso era presencial e formou apenas uma turma, sendo então descontinuado. Com os esforços do então Grão -Mestre, Lucas Galdeano, em 2016 um novo curso foi criado, dessa vez em parceria com a Unyleya e na modalidade EaD. São 460 horas de curso distribuídas em 15 disciplinas.10

3.2. Uniacácia Projeto desenvolvido pela Uninter inicialmente sem o apoio institucional oficial de qualquer obediência, a Uniacácia teve início em 2017 e abriga o curso de pós-graduação em Maçonologia, que já formou milhares de maçons. Dividido em 12 disciplinas, o curso soma 360 horas e pode ser concluído em nove meses. A instituição planeja lançar novos cursos para o público maçônico.11

3.3. Escola No Esquadro Diferente das propostas anteriores, voltadas para pós-graduação, a Escola No Esquadro, lançada em 2017, apresenta-se como plataforma de educação organizacional, com cursos online de curta duração, de forma que os irmãos possam focar em áreas específicas de conhecimento que tenham maior necessidade ou interesse. O projeto foi desenvolvido pelo MONTEIRO, R. C.; ISMAIL, K. ENSINO MAÇÔNICO À DISTÂNCIA: EVOLUÇÃO E DESAFIOS C&M | Brasília, Vol. 6, n.1, p. 65-70, jan/jun, 2019. 9 Disponível em: https://solomon.ugle.org.uk 10 Disponível em: https://unyleya.edu.br/pos-graduacao-ead/curso/historia-da-maconaria/ 11 Disponível em: http://www.uniacacia.org/ 70 website maçônico No Esquadro, que existe desde 2010, com o apoio de sete lojas das três vertentes maçônicas brasileiras. Dois cursos já foram lançados na plataforma: Introdução à Maçonaria e História da Maçonaria no Brasil. Cada curso é composto de vídeoaulas, apostila e questões de avaliação objetiva. Ainda, a Escola No Esquadro conta com a recomendação da Confederação Maçônica do Brasil (COMAB).

 Considerações Finais

 A maçonaria brasileira, em claro processo de internacionalização (ou globalização), coaduna da iniciativa da maçonaria estadunidense e inglesa, que juntamente com a do Brasil compõem o pódio das maiores nações maçônicas do mundo, ao abraçar o método de Ensino à Distância para complementar e suplementar a formação do maçom brasileiro.

Entretanto, vê-se claramente uma diferença entre o modelo desenvolvido nesses países ditos desenvolvidos e no Brasil. Enquanto nos Estados Unidos e na Inglaterra o modelo é de cursos de menor duração e com foco interno; no Brasil os cursos, de modo geral, têm formato de pós-graduação Lato Sensu, como se o título tivesse um peso tão importante quanto o conhecimento. Nesse contexto, a exceção brasileira é a Escola No Esquadro, que adotou modelo similar ao das iniciativas anglo-saxônicas.

Não há dúvidas de que, considerando as dimensões continentais do Brasil, suas estradas precárias, crises econômicas e alto preço de combustível, cursos e seminários presenciais desenvolvidos pelas obediências nas capitais do país geram custos elevados para ambos os lados: organização e membros.

Além disso, as atribulações da vida cotidiana em muito podem impactar na ausência involuntária de membros em datas ou horários desses eventos presenciais. Tudo isso reforça o entendimento de que os cursos à distância são soluções viáveis e eficientes para a maçonaria brasileira.

Ainda assim, ao verificar que, das três iniciativas brasileiras apresentadas, duas ocorreram de maneira independente (Uniacácia e Escola No Esquadro), pela força de vontade de irmãos interessados em colaborar e com visão educacional e estratégica atuais, pode-se sugerir que ainda há muitas resistências a serem vencidas até que cursos de EaD se tornem parte institucional da educação maçônica brasileira, como é em outros países.

Referências

ENGLAND, United Grand Lodge of. Solomon: Fostering Curiosity - Developing Understanding. Disponível em: https://solomon.ugle.org.uk/ Acesso em: 21-04- 2019. FLORIDA, Grand Lodge of. Masonic Leadership Training. Disponível em: http://grandlodgefl.com/ mlt.htmlAcesso em: 21-04-2019. HANTTULA, D. The Masonic Tour Guide - volume 2: Extravaganzas, History-Making & Proficiencies. 3 ed., 2018. NO ESQUADRO, Escola. Escola No Esquadro. Disponível em: https://www.noesquadro.com.br/escola/ Acesso em: 21-04-2019. NORTHERN MASONIC JURISDICTION, Supreme Council Scottish Rite. Hauts Grades Academy. Disponível em: https://scottishritenmj.org/hauts-gradesacademy Acesso em: 21-04-2019. OHIO, Grand Lodge of. Freemason University. Disponível em: http://freemasonuniversity.com/ Acesso em: 21-04-2019. SOUTHERN JURISDICTION, Supreme Council Scottish Rite of Freemasonry. Scottish Rite Master Craftsman Program. Disponível em: https://scottishrite.org/ members/general-membership-information/masoniceducation/srmc/ Acesso em: 21-04-2019. UNIACÁCIA. Pós-graduação lato sensu em Maçonologia. Disponível em: http://www.uniacacia.org/ Acesso em: 21-04-2019. UNYLEYA, Faculdade. Pós-Graduação EaD em História da Maçonaria. Disponível em: https://unyleya.edu.br/ pos-graduacao-ead/curso/historia-da-maconaria/ Acesso em: 21-04-2019. YORK RITE, Sovereign College. York Rite Companion Adept of the Temple Program. Disponível em: https:// companionadept.wixsite.com/companionadept Acesso em: 21-04-2019. MONTEIRO, R. C.; ISMAIL, K. ENSINO MAÇÔNICO À DISTÂNCIA: EVOLUÇÃO E DESAFIOS C&M | Brasília, Vol. 6, n.1, p. 65-70, jan/jun, 2019.